Tecidos - Espumas - Artigos para Tapeçaria - Armazém Tecidos


Nesta postagem vou falar de como escolher de uma maneira prática e simples o sofá de sua sala e o revestimento do mesmo, sem chance alguma de errar.Segue abaixo as dicas importantes para você que está com dificuldades e mais dúvidas do que certezas.


 


 


 

Vou usar esta matéria para uma solução rápida, portanto lembrem-se que tudo que está nela é voltada para a praticidade, mas pode ficar tranquilo que se você quiser ousar, usar cores vibrantes, estampas, modelos de sofás ultra-modernos e variar nas cores, é possível também, e inclusive já tratei destes assuntos em outras postagens, mas esta será voltada para uma solução rápida, prática e universal.


 


 


 

1) A primeira coisa que temos que fazer é tirar a medida da sala, ver onde queremos colocar nosso sofá e pegar a medida de forma linear, portanto, temos que ter cuidado pois medidas erradas trazem resultados errados. Sempre levar em conta que o sofá não pode ocupar a sala toda, ele tem que estar em harmonia com o ambiente, e temos também que levar em consideração que tem que haver espaço para circulação e para decoração, portanto pense bem antes de calcular a medida definitiva.


 

2) Esqueça sofás de 3+2 lugares; não se usa mais, prefira um de 3 lugares, 4 lugares ou se seu espaço for reduzido um de 2 lugares. Deixe o espaço restante para compor com poltronas ou peças decorativas.


 


 


 

3) A teoria de quanto mais simples melhor, também vale para os sofás. Um modelo muito sofisticado as vezes requer uma linha de decoração específica e a idéia de praticidade é não ficar amarrado a estilos. Procure um sofá simples de linhas retas e sem muitos detalhes. Também evite modelos reclináveis ou com chaise; deixe estes tipos para salas de TV; caso seu espaço seja reduzido, opte pelos modelos retráteis e com catraca no encosto.


 


 


 

4) Fique atento a espuma, confira se tenha pelo menos densidade D-28 no assento e se a maciez é adequada, sofás muito duros ou muito macios não são recomendados e sofás com espumas abaixo de D-28 no assento tendem a deformar rapidamente; já no encosto exija pelo menos D-23. Espuma Soft não tem nada de melhor em relação as outras espumas, são apenas mais macias, portanto não se iluda com isso.Descarte encosto com flocos de espuma (espuma picada), dê preferência para encostos de espuma ou de pluma (fibra) com silicone. Fuja de espumas "Nasa", "Hipersoft" e outras nomenclaturas, fique no básico mesmo que é mais seguro.


 


 


 

5) Na hora de escolher o tecido, os melhores hoje em dia são as suedes que estão em alta e são super resistentes, mas não descarto a sarja peletizada, os rústicos e os linhos, se quiser optar por um revestimento em couro peço que se informe das dificuldades de manutenção, tem que cuidar muito para se ter um estofado duradouro e também requer um investimento elevado; eu recomendo optar por sintéticos como Couríssimo Casco ou Decon.Tek Max, que são de ótima durabilidade e não requer uma manutenção rigorosa.


 


 


 

6) Depois de definido o tecido, falta definir a cor. Pensando em praticidade podemos sempre optar pelos tons pastéis e acinzentados, eles combinam com tudo e não temos chance de errar. Evite estampas e bordados, deixa para ousar em coisas mais simples como as almofadas decorativas, quadros, poltronas ou a parede. As cores mais fortes devem ser descartadas em nossa linha de pensamento, pois o sofá vai criar um vinculo específico com o restante decoração, e nesse caso é isso que queremos evitar.


 

 


 


 

Seguindo estas dicas vocês terão muita facilidade em achar um estofado que estará sempre em harmonia com a sua sala, independente das loucuras que você fizer com ela; será também fácil de finalizar a decoração e deixá-la muito bonita da forma mais fácil e prática possível, sem necessitar de grandes investimentos e nem de muito esforço.


 

Armazém - Tecidos para Decoração® por Dinamicsite